El blog portugués Hoje Conhecemos ha publicado una serie de pequeños artículos sobre diferentes puntos de Bilbao.

Parece que su responsable se ha dado una vuelta por la capital de Bizkaia y ha decidido presentar una serie de instantáneas sobre esta ciudad. La verdad es que la selección no deja de llamar la atención. No porque no sea adecuada, todos los lugares que describe tiene un enorme interés, sobre todo gastronómico, sino porque, felicidades al autor, se salen un poco del standard de descripción de la ciudad al que estamos acostumbrados a enfrentarnos.

 

Hoje Conhecemos – 4-6-7-8-9/5/2012 – Portugal

PLAZA NUEVA, BILBAO, ESPANHA

A Plaza Nueva no Casco Viejo é como as típicas Plazas Mayor que se vê por Espanha, ao centro tem a sede da Euskaltzaindia (Real Academia do Idioma Basco) e as arcadas abrigam lojas, bares e restaurantes.

(Sigue) (Traducción automática)

————————-
CALLE DIPUTACIÓN, BILBAO, ESPANHA

A Calle Diputación é uma perpendicular á Gran Via (que aliás a corta a o meio), uma zona onde estão alguns dos mais recomendados e tradicionais bares de pinchos da cidade. De um dos lados da rua está uma estátua em homenagem a John Adams, o segundo presidente dos Estados Unidos da América. Nela pode ver-se escrito: Bizkaia – Carta IV. Defesa da Constituição do Governo dos EUA (1787) em que se refere a “…esta gente extraordinária conseguiu preservar o seu idioma, o seu génio, leis, governo e costumes, sem mudanças, muito mais do que qualquer outra nação da Europa”.

(Sigue) (Traducción automática)

————————-

RESTAURANTE SOTERA, BILBAO, ESPANHA

Na nossa chegada a Bilbao procurávamos comer um bom “chuletón”, algo que pela região se encontra com grande qualidade a um preço razoável. Na realidade a nossa primeira intenção era ir ao Goiuria em Durango mas fechava ás segundas-feiras, assim como muitos “asadores” do género no centro de Bilbao, os que tinha visto que estavam recomendados estavam todos fechados.

(Sigue) (Traducción automática)

————————-

ALHÓNDIGA, BILBAO, ESPANHA

No nosso passeio por Bilbao visitámos o Alhondiga, o centro cultural da cidade. Instalado num antigo armazém de vinho construído em 1909, deixou de funcionar nos anos 70 e ficou entregue ao abandono. Felizmente a cidade de Bilbao conseguiu recuperá-lo para utilização pública e para a promoção de eventos culturais.

 (Sigue) (Traducción automática)

————————-

MARTINA DE ZURICALDAY, BILBAO, ESPANHA

Tinha encontrado na revista Woman (Madame Figaro) um artigo sobre o baixo de Indautxu onde recomendavam “perder-nos”  na pastelaria artesanal de Martina de Zuricalday sem medo de cometer nenhum pecado…mas a gula…ai a gula!

 (Sigue) (Traducción automática)
anuncio-productos-basque-728x85-2